terça-feira, 20 de março de 2012

COMO FAZER A PÁTINA PROVENÇAL EM SEUS MÓVEIS E OBJETOS...


A pátina costuma transfomar móveis, objetos e até paredes. E por regra pode ser aplicada em qualquer tipo de madeira, desde as maciças até os MDFs, inclusive fórmica. É claro que a durabilidade está vinculada à essa superfície. A fórmica terá uma vida útil bem menor que a madeira, mas recebe a pátina numa boa.
Se você gosta do estilo provençal, ou, do agora muito na moda, Shabby, com certeza poderá economizar muito, redecorando seus móveis e aprendendo a aplicar você mesmo a técnica da pátina provençal, dando aquele ar envelhecido e romântico aos seus pertences.
A pátina tem muitas variações, já ensinei pra vocês uma outra técnica com vela. Entre outras coisas usamos desde a sobreposição de cores, o lixamento, o polimento e por aí afora. Você inclusive pode misturar várias delas até conseguir o efeito que deseja no seu móvel. Tudo vai de adquirir prática e ter paciência, sempre o nosso ingrediente principal.
COMO FAZER A PÁTINA:
 Prepare:
  • Três tipos de lixa, grossa, média e fina
  • Um pincel redondo, um pincel achatado pequeno e um achatado largo
  • Uma esponja áspera, um tecido macio, palha de aço nº00 e nº 000
  • Tinta PVA branca para a base
  • Tintas em dois tons, um mais claro ou branco e outro na cor desejada. Aqui usaremos o cinza e um ocre.
Pra começar, lixar. Essa primeira etapa é muita chata mas muito importante. 
Lixe com a lixa mais grossa. Não esqueça das frestas, dobras e relevos. Limpe a poeira e lixe uma segunda vez com a lixa média. Limpe bem novamente e lixe pela terceira vez com a lixa fina. Lave a peça e deixe bem limpa. 

Com o pincel redondo passe a base PVA branca em toda a peça. Não precisa ficar perfeito, mas não deve ficar nenhuma fresta em madeira. Pinte os relevos e os buracos. Espere secar de 3 a 5 horas, na sombra.

Depois de seco lixe novamente com a palha de aço. Ela é muito fina e vai retirar qualquer marca de pincel, deixando a superfície lisa para receber a tinta. Limpe bem com um pano úmido. 

Com o pincel achatado largo, pinte todo o objeto com a tinta mais clara. Aqui usamos cinza, mas você pode usar o branco. Nas frestas e relevos use o pincel achatado estreito. Deixe secar por até 2 dias se for preciso.
Com o pincel chato estreito, pinte com a tinta mais escura, os relevos e os pontos onde quer dar o destaque do desgastado. Mais uma vez espere secar muito bem. 
Depois de bem seco, lixe com a palha de aço. Vá retirando as camadas de tinta, com menos força onde deseja que o branco permaneça, e com mais força onde deseja que a madeira venha à tona. É isso que dará “idade” ao seu objeto.
A sua pátina está praticamente pronta, mas se você desejar dar um ar mais envelhecido, veja a próxima etapa. 
Dilua um pouco da sua tinta mais clara em água. Com o pincel largo dê pinceladas no objeto e imediatamente limpe o excesso com um pano seco. Vai parecer que está manchando, mas é esse mesmo o efeito que queremos. 
Depois de bem seco, use a lixa fina para desgastar os relevos, bordas e quinas do seu objeto, deixando a madeira novamente aparente. Ao terminar você terá muitas nuances de cores, da madeira até a cor mais clara.
A sua peça está pronta. Não é necessário passar verniz, pois a pátina provençal não usa esse acabamento, mas se você fizer questão, use verniz a base de água. 
  • Não importa qual a técnica de pátina que você vai usar, lembre sempre que tudo começa com uma superfície bem limpa. Se você pensa em fazer pátina num móvel que já tenha uma cobertura, de tinta, verniz ou cera, lembre-se de que terá que retirar toda ela antes de começar a patiná-la. Nesse caso, use o removedor adequado para o produto que quer retirar e deixe sua peça limpinha para começar.

  • Outra dica é fazer um teste numa pequena superfície escondida do seu móvel, para não se aborrecer depois. Teste, confira se deu tudo certo e depois, mãos à obra.

  • Mostramos o tutorial numa peça, mas a técnica pode ser aplicada a qualquer superfície.

  • Lembrem que vocês podem usar as cores que desejarem para essa técnica, mas o estilo provençal usa obrigatoriamente o branco como cor predominante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário